quarta-feira, 22 de outubro de 2008

O Universo visto pelo telescópio Hubble

O Hubble Ultra Deep Field é a imagem óptica mais profunda jamais obtida do Universo. Construída a partir de observações com o telescópio espacial Hubble em 2003 e 2004, esta imagem equivale a mais de onze dias de observações consecutivas do mesmo ponto no céu, com o objectivo de detectar as galáxias mais distantes jamais observadas.

Ainda em fase de estudo, esta imagem contém mais de 10.000 galáxias estimando-se que contenha um número significativo de galáxias a distâncias nunca antes observadas. Investigadores do OAL participam na investigação da natureza das galáxias observadas neste campo, tentando perceber como se deu a formação e evolução das primeiras galáxias.


Um comentário:

Medico de Fadas disse...

Nossa ignorância, associada ao medo do desconhecido, os dogmas religiosos, não nos permitem compreender aquilo do qual nós mesmos somos feitos.

Hoje cientistas buscam quantificar não só o "MACRO" como o "micro" cosmo, chegam ao bloco estrutural que forma toda a matéria, da qual os átomos são feitos, chamam-na de "Partícula de DEUS". Somos apenas isso, minúsculas partículas de um macrocosmo simplesmente inadmissível para nossa compreensão, da mesma forma que "o é" para uma molécula de Oxigênio compreender sua função ou o porque de sua existência. A prisão é a ignorÂncia, a liberdade é o conhecimento.

Publicar em:

Related Posts with Thumbnails