segunda-feira, 14 de junho de 2010

Gerald Celente: Relatório 2010



Este é um resumo do último relatório-2010 de Gerald Celente.


O colapso de 2010


Em Novembro de 2007, previmos o "Pânico de 2008". E assim foi. Em Novembro de 2008, previmos o "Colapso de 2009. Em Março de 2009, os mercados accionistas mundiais entraram em colapso. Mas antes que houvesse um "crash", várias medidas emergenciais foram executadas. Medidas sem paralelo foram tomadas: infusão de dinheiro, pacotes de salvamento, "bailouts" e incentivos disfarçaram a crise.

Hoje, mesmo quando elementos do governo proclamam a toda a mídia que o Mundo está emergindo da quase cataclismica recessão, nós prevemos o "Crash de 2010." O aumento dos mercados accionistas que servem de argumento para mostrar a recuperação do sistema, estão muito, muito longe da difícil realidade nas ruas...


Terrorismo 2010

Enquanto não podemos precisar datas ou a magnitude dos ataques, temos a certeza de que estão a caminho. O "Fort Hood Pistoleiro" está sendo reconhecido pela comunidade de inteligência como o garoto-propaganda de um novo e alarmante fenómeno de terror chamado "lobo solitário", os atiradores radicais.

Vários anos de guerra no Afeganistão e Iraque – e agora no Paquistão – intensificaram o sentimento anti-Americanismo e aumentou o número de indivíduos procurando vingança. Os aliados da NATO que contribuiram com tropas também serão um alvo...


Não são bem-vindos

Em 2010, o movimento anti-Americano chegará e ficará nos EUA e arredores. A América e a Europa, com suas populações de emigrantes em contínuo crescimento, passam por uma crise de identidade.

Na Europa, o medo e o ressentimento dos muçulmanos conduziu a que os partidos políticos adoptem posições anti-imigração. Nos EUA, as próximas eleições terão uma tema escaldante: o que fazer com os ilegais. Será o grande assunto da agenda política e servirá como força de galvanização para um novo partido...


As mães da Invenção

O choque do sistema económico reiniciará o "engenho Yankee". A necessidade de vencer os efeitos do reduzido poder de compra conduzirá a uma nova classe de produtos que será a maior tendência de 2010 e do futuro: a "tecnologia para os pobres".

(fonte)

Outros assuntos são tratados no relatório, como por exemplo, o caminhar para a primeira grande guerra do séc. XXI. O original de 32 páginas será publicado na comunidade pelas mesmas razões que já expliquei em relação ao web bot.

2 comentários:

Gerson Avillez disse...

Vamos falar o seguinte, esse jogo de equilibrar e desequilibrar de criar colapsos pode provocar uma incerteza prevista pela mecânica quântica, o princípio de Heinsenberg ao efeito Borboleta comprova NINGUÉM, tem poder e domínio completo sobre o mundo e suas oscilações variaveis futuras. Perigoso demais! ;-)

Anônimo disse...

Falou tudo Gerson...pouca coisa(ou nada)na vida pode ser totalmente controlada...

Publicar em:

Related Posts with Thumbnails