sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Sismo de 6.0 atinge Portugal

Sismo foi só susto mas deixa aviso para risco de catástrofe.



O sismo de ontem foi sentido por todo o País, mas não passou de um abalo moderado. Um aviso a lembrar que Portugal está numa zona de risco sísmico significativo e que um terremoto como de o 1755 pode voltar a acontecer. Mesmo assim foi o mais forte desde 1969. E se há quarenta anos os lisboeta saíram para rua, ontem concentraram-se nas redes sociais 'online'.

Foi "apenas" um grande susto. A terra tremeu durante oito longos segundos durante a madrugada de ontem mas não há registo de feridos ou estragos. E apesar do pânico estivemos muito longe da catástrofe, dizem os especialistas: sobretudo porque o sismo, de magnitude 6,0 na escala de Richter, teve o seu epicentro ao largo do Cabo de São Vicente e a uma profundidade de cerca de 30 quilómetros. Se a origem fosse mais próxima, os efeitos seriam bem piores. E daquela mesma região também podem chegar sismos bem mais destrutivos, mas o de ontem teria de ser cerca de 900 vezes mais fortes para provocar estragos sérios.

O sismo teve origem na mesma "grande zona" dos terremotos que os portugueses melhor recordam (o histórico de 1755 e do 1969) : a região que inclui o famoso Banco de Gorringe, a sudoeste do cabo de São Vicente, onde há uma série de falhas activas.

Para António Ribeiro, esta actividade sísmica confirma a teoria de que o Atlântico já começou a fechar, o que significa que a tensão acumulada aumentará e que ocorrerão mais sismos.

(fonte)

Um comentário:

Hapi disse...

hello... hapi blogging... have a nice day! just visiting here....

Publicar em:

Related Posts with Thumbnails